Antibióticos, antifúngicos e outros medicamentos para seu peixe
antibióticos para peixe

Antibióticos para peixe, antifúngicos e outros medicamentos para seu aquário

Uma dúvida muito comum para os aquaristas de primeira viagem é como se preparar para doenças eventuais nos seus peixes. Não são raros os casos de peixes com visão turva ou algum tipo de fungo. Por esse motivo, é muito importante saber quais antibióticos para peixe você deve utilizar para cada tipo de sintoma.

Se você pesquisar “antibiótico de peixe” no Google, vai achar uma lista impressionante de produtos disponíveis e provavelmente vai pensar… ok, e agora, qual eu compro?

Sabemos que veterinários vão à faculdade e ficam anos aprendendo como diagnosticar e tratar adequadamente doenças. Portanto, se você leitor quiser ter certeza, o ideal é levar seu peixe até o veterinário especializado (ou trazê-lo até o peixe).

Que tal aprender tudo sobre aquarismo de uma vez por todas? Clique aqui e veja o curso que me ensinou DO ZERO como ser um aquarista de sucesso!

Nesse conteúdo, vamos trazer algumas dicas práticas sobre o assunto, para que você esteja minimamente preparado, caso queira lidar com uma doença no seu aquário marinho.

Existem alguns medicamentos disponíveis para o aquário, incluindo os antibióticos de peixe:

● Remédios alternativos ou “naturais”      

● Potenciadores de muco      

● Antibióticos de peixe      

● Antifúngicos      

Antibióticos de peixe

Antibióticos de peixe são um grupo de medicamentos poderosos que combatem bactérias e as infecções que elas causam. Eles normalmente trabalham matando as bactérias ou, pelo menos, impedindo-as de crescer (o que ajuda a alcançar o mesmo resultado, pois elas acabam morrendo).

Se o seu peixe está doente e você quer comprar um medicamento, lá vai uma boa notícia: os antibióticos para animais não são restritos e regulamentados da mesma maneira que as prescrições são para humanos. 

Você pode obter seus remédios para peixes em qualquer loja de animais com uma seleção razoável de produtos secos para aquários da mesma maneira que você pode obter alimentos e materiais de filtro. Muito legal e conveniente.

Os seguintes medicamentos podem estar disponíveis em sua loja local de peixes, pet shop ou loja online, sem receita médica:

● Penicilina;

● Ampicilina;

● Amoxicilina;

● Cefalexina;

● Clindamicina;

● Ciprofloxacina;

● Eritromicina (Maracas);

● Neomicina;

●Ccanamicina;

● Tetraciclina;

● Minociclina (Maracyn-2);

● Trimetoprina e Sulfonamida (Maracyn Plus);

● Sulfametoxazol / Trimetoprim;

● Nitrofurazona;

● Furazolidona;

● Sulfatiazol de sódio, sulfametazina de sódio e sulfacetamida de sódio são três antibióticos que são vendidos juntos sob o nome Triplo Sulfa para combater infecções bacterianas.      

Algumas complicações antibióticas de peixes para classificar

Existem apenas duas pequenas complicações para se prestar atenção quando estiver na loja de peixes local.

1. Todos eles têm nomes engraçados, qual medicamento é esse?

A primeira coisa que você precisa descobrir é: como saber qual medicamento é qual, com todos os nomes comerciais. A chave é reservar um momento para ler a embalagem e descobrir qual é o medicamento.

Alguns produtos são mais fáceis de descobrir do que outros. De toda forma, vai ser importante ter paciência pois não é hora de brincar.

2. Qual medicamento é adequado para o meu peixe?

O segundo grande problema é: como você sabe qual medicação é a correta para os sintomas ou doenças que seu peixe possui? Isso é um pouco complicado. Não se esqueça, os veterinários frequentam a faculdade por muito tempo para se tornarem especialistas nesse campo – e não é difícil imaginar que mesmo eles às vezes entendem errado.

Portanto, não se estresse, basta fazer o seu melhor. Veja abaixo alguns conselhos mais específicos sobre como combinar os sintomas ou a doença com os remédios de peixe certos.

3. Comprador, cuidado

Você precisa ter cuidado, no entanto. Só porque você pode comprar um produto na loja de animais, não significa que ele é adequado para um aquário marinho. Claramente, alguns desses produtos não são.

A tetraciclina não é eficaz na água salgada e a penicilina, a ampicilina e a amoxicilina não são tão eficazes nos peixes, apesar de estarem disponíveis como um antibiótico de peixe sem receita médica. Um pouco mais adiante, vamos dar recomendações, mas, por enquanto, vamos dar uma olhada no próximo grupo de medicamentos para um peixe doente.

Antifúngicos de peixes

Medicamentos antifúngicos , como você deve ter adivinhado, são medicamentos que combatem fungos.

As infecções fúngicas muitas vezes parecem penugem branca ou algodão. Se você suspeitar que seu peixe tem uma infecção fúngica, você pode tratá-lo com algum agente antifúngico que vende no Mercado Livre.

Um bom número de medicamentos úteis, possuem propriedades antibacterianas e antifúngicas, o que é bom porque muitas infecções fúngicas ocorrem após uma lesão inicial e uma infecção bacteriana.

Um vídeo de um canal que gostamos muito, o Aquarismo Rolê de Casal, tem um vídeo sobre fungos!

Medicamentos alternativos ou remédios “naturais”

Um dos lugares em que muitos entusiastas de aquários marinhos se voltam primeiro é procurar um remédio natural. Algumas pessoas tendem a pensar que os remédios naturais são melhores que os remédios químicos ou farmacêuticos. 

A boa notícia é que, se você é uma dessas pessoas, existem muitos produtos disponíveis para você. A má notícia é que muitos desses produtos não são comprovados, pelo menos até onde eu sei.

Produtos que contenham alho

Você pode sentir fome quando sentir o cheiro do pão de alho assado no forno, mas e o seu peixe? Pode parecer plausível que o remédio natural que contém alho promova a alimentação de peixes mimados, mas onde estão as evidências?

Além disso, existe alguma evidência de que estimular os peixes a comer faça algo a mais para eles além de colocar calorias em seu corpo agora? Qual é o benefício disso?

Bom, apesar de você encontrar vários conteúdos falando sobre o uso de alho, essa prática não será endossada nesse conteúdo. Mesmo assim, se você utiliza ou já utilizou dessa prática e viu melhoras no estado do seu peixe, deixa no comentário!

Potenciadores de muco

Outro grupo dos chamados remédios “naturais” é um grupo de produtos que é chamado de potenciadores de muco. Não são os nomes mais apetitosos, mas suponho que sejam bem descritivos.

Se você olhar o rótulo dos ingredientes de um produto para melhorar a camada de muco do seu peixe, você pode se perguntar por que ele é considerado um produto natural?

Eles entram na categoria “natural” porque eles não agem sobre as bactérias, fungos ou parasitas que causam o problema, eles aumentam a produção da camada de muco, que é uma das linhas naturais de defesa dos peixes contra intrusos.

muco peixe cirurgião patela
Todo peixe produz muco no seu corpo como defesa natural

A premissa, do ponto de vista de marketing, é um tanto convincente… os peixes têm uma camada de muco que age como uma barreira natural e ajuda a prevenir infecções, por isso parece uma boa ideia, na superfície, adicionar algo à água para ajudar a promover isso.

Mesmo assim, é uma prática questionada. E o motivo é simples…

Por exemplo, se você estava resfriado, e você usa um produto que ajudaria a melhorar a produção da gosma no seu nariz. O efeito seria um nariz escorrendo, que também é uma das defesas naturais do seu corpo contra um invasor – mas se você suspeitar que já está doente, isso lhe daria uma coriza. Esse muco extra ajuda a curar melhor/mais rápido?

Produtos que divulgam extratos naturais

● Melafix é um remédio antibacteriano natural com extrato de Maleleuca para tratar infecções bacterianas. Cura feridas, úlceras e remove formas planas parasitas.

● PrimaFix é um remédio antifúngico e antibacteriano natural para tratar infecções fúngicas e infecções bacterianas externas. Idealmente, você utiliza ele com o Melafix.

Medicamentos à base de cobre

Um dos remédios mais testados para lidar com parasitas externos são os medicamentos à base de cobre – especificamente a cupramina, que é a versão preferida do cobre que você deseja adicionar a um tanque de água salgada.

É geralmente considerado melhor do que medicamentos com sulfato de cobre e aqueles com quelatos, para aplicações em água salgada.

O cobre é notoriamente instável na água salgada, o que significa que a medicação que você coloca na água para curar o peixe continua quebrando ao longo do tempo.

Quando se decompõe, há cada vez menos remédios na água e, eventualmente, não haverá o suficiente para curar o peixe. Por esse motivo, os fabricantes criaram outras maneiras de tornar o cobre mais estável, como a adição de quelatos, apesar de diminuir a eficácia do tratamento.

Bom, químicas à parte e deixando de lado as palavras difíceis, vá para cupramina.

Um importante aviso de segurança com cobre

O cobre é usado como um medicamento para aquários porque é bom em matar coisas. O termo técnico é que é tóxico. 

Na dose terapêutica (ou seja, quando você tem a quantidade certa na água para matar os parasitas), também matará quaisquer outros invertebrados na água. Isso significa camarões, amêijoas, corais, caranguejos, copépodes, anfípodes, praticamente qualquer coisa em seu tanque que você aprecie também será morta.

Portanto, nunca, nunca, nunca adicione cobre diretamente ao seu tanque de exibição. Você tem que usar cobre em um tanque separado. 

Outro alerta importante é que em níveis de dose acima da dose terapêutica (ou seja, quando a concentração fica significativamente maior do que o necessário para matar os parasitas), o cobre também pode ser letal para os peixes.

aquário vazio
Use um aquário vazio (não precisa ser tão bonito)

Então, agora, vamos resumir alguns desses pontos importantes sobre medicamentos à base de cobre:

● O cobre matará todos os invertebrados do seu aquário e também poderá machucar os peixes se você não tomar cuidado;

● Os níveis de cobre ficam continuamente mais fracos com o tempo;

● Você precisa continuar adicionando cobre para mantê-lo no nível terapêutico;

● Níveis abaixo do nível terapêutico não funcionam;

● Níveis acima do nível terapêutico, podem matar seu peixe;

A solução: você precisa usar um kit de teste de cobre para testar a água no tanque de quarentena para determinar o nível e calcular a quantidade de cobre a adicionar. Não muito, não muito pouco, mas o suficiente.

Como você pode perceber, medicamentos à base de cobre são eficazes, mas complicados.

Aqui estão os cinco remédios para peixes mais importantes que podem ser usados ​​para tratar uma variedade de infecções, sintomas e condições:

● Melafix Marine;

● Furan-2;

● SulfaPlex;

● Maracyn-2 (minociclina);

● Cupramina;

Alguns conselhos gerais

● Sempre que possível, tente remover um peixe doente ou ferido para um tanque de hospital , onde você pode medicá-lo isoladamente e observá-lo durante o tratamento. Você não quer arriscar prejudicar os peixes saudáveis no seu aquário por acidente.      

● Cuidado com os ‘velhos antibióticos de peixe’. Verifique a data de validade para garantir que funcionem.

● Leia as instruções de dosagem fornecidas com esses remédios para peixes e tome cuidado para garantir a dose do produto conforme as instruções – incluindo a realização de trocas de água conforme as instruções.

● Não negligencie a importância de ter parâmetros de água limpa e de alta qualidade e nutrição adequada para ajudar seus peixes a combater infecções com seu próprio sistema imunológico.      

Last Updated on

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se na nossa lista VIP para receber nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.