Abaixar o pH do aquário: 4 maneiras seguras e fáceis.
abaixar ph da agua

Abaixar o pH do aquário: 4 maneiras seguras e fáceis.

Abaixar o pH da água do seu aquário pode ser necessário de vez em quando. Se você precisa fazer isso mas não sabe como, você está no lugar certo.

Neste artigo, você aprenderá a diminuir com segurança o pH do seu aquário para não estressar ainda mais seus peixes.

Mas o mais importante é que essas técnicas ajudarão você a manter um nível de pH consistente.

Vamos começar.

Aviso: Antes de decidir diminuir o pH do seu aquário, é necessário considerar se o seu peixe está realmente mostrando sinais de angústia. Caso contrário, é melhor deixá-lo como está e se concentrar em manter esses níveis consistentes.

Que tal aprender tudo sobre aquarismo de uma vez por todas? Clique aqui e veja o curso que me ensinou DO ZERO como ser um aquarista de sucesso!

O que é pH?

Force seu cérebro com força suficiente e você deve se lembrar de seu professor mencionando que a água (H2O) é composta de moléculas de hidrogênio e oxigênio. Na água, um pequeno número de moléculas se divide, algumas perdem um hidrogênio e se tornam íons hidróxido (OH-).

Na água pura, há um número igual de íons hidrogênio (H +) e íons hidróxido. Agora, quando uma substância básica (alcalina) ou ácida se dissolve na água do aquário, ela altera o equilíbrio dos íons; mudando o pH.

Uma substância ácida aumentará a quantidade de íons hidrogênio, diminuindo o pH da água. Uma substância básica absorve os íons hidrogênio, resultando em mais íons hidróxido e aumentando o nível de pH no seu aquário.

Portanto, o pH é a medida de quão ácida ou básica é a solução da água no seu aquário.

O que é a escala de pH?

A acidez e a alcalinidade são medidas na escala de pH porque uma solução fortemente ácida pode ter cem trilhões de vezes mais íons hidrogênio do que uma solução fortemente básica. E vice-versa.

São 0 demais para compreender. Felizmente, alguns cientistas inteligentes criaram a escala de pH para facilitar.

Escala de pH de 0 a 14 usando indicadores coloridos e texto mostrando quais níveis são ácidos e alcalinos

O pH é medido em uma escala de 0-14: 7 é neutro, abaixo é mais ácido e mais alto é básico (alcalino).

Cada número na escala representa 10 vezes a diferença, por exemplo, se o seu aquário tem um pH de 6, é 10 vezes mais ácido que um tanque com um pH de 7. Ou se ele tem um pH de 5, é 100 vezes mais ácido do que um pH de 7.

Como diminuir o pH da água?

Eu recomendo alterar os níveis de pH no seu aquário usando métodos naturais. O uso de produtos químicos comprados na loja pode alterar os níveis de pH no seu tanque de maneira rápida e drástica. É provável que estresse seu peixe e cause doença ou morte.

Você pode tentar alguns destes métodos seguros:

  • Musgo de turfa
  • Troncos de madeira seca
  • Folhas de Amendoeira (Cappata)
  • Osmose Inversa

Abaixar o pH da água com musgo de turfa

Uma maneira natural maravilhosa de abaixar o pH do seu aquário com segurança é adicionar um pouco de musgo de turfa.

A única desvantagem é que pode deixar a sua água mais turva e mudar a coloração do aquário.

No entanto, você pode pré-tratá-lo em um balde separado por alguns dias antes de colocá-lo em seu tanque. Isso pode ajudar a diminuir o tom amarelado do seu aquário.

Para que o musgo seja eficaz, ele precisa permanecer em seu tanque, mergulhado. Você pode comprar pellets ou pedaços de musgo de turfa e colocá-los em seu filtro.

Ele liberará ácidos tânicos e gálicos em seu aquário, o que atacará os bicarbonatos na água, reduzindo sua dureza e pH.

Não há uma resposta definitiva para o quanto você precisará usar para abaixar o ph, e isso dependerá de quão dura é a sua água e da qualidade do musgo. Portanto, é melhor começar com um pequeno pedaço e monitorar seu pH. Você pode adicionar mais, se necessário.

Abaixar o pH adicionando madeira

Adicionar um pouco de madeira flutuante natural ao seu aquário reduzirá com segurança seus níveis de pH. Assim como a turfa, a madeira flutuante libera algumas substâncias na água do seu aquário que combatem o aumento do pH.

No entanto, por conter taninos, também colorirá sua água de amarelo / marrom.

Essa descoloração é apenas cor, não prejudica seus peixes ou plantas.

Não basta adicionar um tronco ao seu aquário, pois isso pode potencialmente perturbar o ambiente do seu aquário e estressar os peixes. Nem toda madeira seca é a mesma, por isso, verifique se é seguro para o uso em aquários. As madeiras usadas por criadores de répteis podem parecer fantásticas para o seu aquário, mas podem conter produtos químicos que são prejudiciais ao seu peixe.

E é sempre bom tomar algumas precauções para que não haja sujeira ou detritos.

Você também pode ferver o tronco em água salgada para esterilizá-lo. Isso também ajudará a impedir que a madeira altere demais a cor da água do aquário.

Folhas de Amendoeira (Catappa)

folha de amendoeira
folha de amendoeira

Também conhecida como folhas de amêndoa indiana, quando você as coloca no seu aquário, elas lentamente começam a se decompor e liberar taninos.

Se você não gosta de ter folhas no seu aquário, pode mergulhá-las separadamente e adicionar a água manchada ao seu aquário durante uma troca de água.

Além de abaixar o pH do seu aquário com segurança, também é sugerido que você utilize as folhas devido às propriedades antibacterianas delas que serão úteis principalmente se você estiver criando alevinos vulneráveis.

Assim como o musgo e o tronco de madeira, eles tornam a água do seu aquário amarela ou marrom.

Apesar disso, você pode considerar a adoção da mudança de cor como a nova cor do seu aquário pois ela realmente imita o habitat natural de muitas espécies.

Abaixar o pH com Osmose Reversa

A osmose reversa purifica a água usando uma membrana semi-permeável para permitir a passagem de moléculas muito pequenas (H2O), filtrando 90-99% das impurezas da água, incluindo pesticidas, arsênico e metais pesados. Permitindo manter um nível de pH estável.

A desvantagem é que uma boa unidade de osmose reversa pode custar algumas centenas de reais. No entanto, seu processo de desionização natural e seguro é fácil de usar e não mancha a água do seu aquário.

E, apesar de precisar de substituições ocasionais de filtros, é uma ótima opção a longo prazo, especialmente se você tiver água da torneira forte em que o peixe não está satisfeito

Não persiga o pH “perfeito”. Mantenha Estável

É importante que você considere a condição atual do seu peixe antes de começar a tentar alterar os níveis de pH no seu aquário.

Só porque você lê em um livro o pH ideal para o seu peixe é 7,0 e seus testes saem em 7,4, não significa que você deve entrar em ação. Se o seu peixe não mostra sinais de angústia, é melhor manter o pH estável.

Seu peixe provavelmente prosperará em um nível constante entre 6,6 e 7,4, talvez até entre 6,2 e 7,8. São as drásticas variações de pH que você precisa evitar, pois elas resultam em estresse nos peixes. É melhor manter do que ficar variando o tempo todo.

É melhor ter um valor de pH de 7,4 do que um pH que enfrenta mudanças entre 6,6 e 7 o tempo inteiro, mesmo que os manuais digam que seu peixe prefere 7.

Realizar trocas parciais de água e manutenção de rotina é essencial para manter os níveis de pH estáveis.

Se precisar saber como aumentar o pH, também temos um artigo sobre isso!

Last Updated on

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se na nossa lista VIP para receber nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

2 Comentários

  1. Meu aquário tem mídea de cerâmica, cascalho de basalto, galhos, folhas de amendoeira secas, musgo de java e ta alcalino…. O que pode ser

    1. Boa noite!
      Verifique se seu substrato e neutro.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.